Atendimento em Domicílio

Filhotes

Ainda com sistema imunológico em desenvolvimento, os filhotes não devem ser expostos a doenças infecto-contagiosas até terem tomado todas as vacinas. Isso significa que não é recomendado sair com o animal à rua, nem levá-lo a clínicas veterinárias e pet shops.

Animais estressados

Muitos animais têm medo de sair de casa, ou andar de carro ou mesmo de ir ao veterinário. Como o estresse é prejudicial à saúde e ao bem estar, o ideal é ter atendimento diferenciado no próprio ambiente doméstico.

Animais debilitados

Animais doentes e debilitados ficam predispostos a adquirir outras doenças. Portanto não convém levá-los a clínicas veterinárias, onde passam dezenas de outros animais doentes por dia, por mais rigorosas que sejam a desinfecção e a limpeza da clínica.

Animais em tratamento

Algumas doenças requerem cuidado intensivo, aplicações diárias e acompanhamento rigoroso. É muito mais confortável para o animal, se o atendimento for feito em sua própria casa, pois evita a manipulação excessiva, o transporte e a exposição a outras doenças.

Dificuldade de transporte

Gatos, cães muito grandes ou muito bravos, são exemplos de animais que necessitam do atendimento domiciliar devido à dificuldade encontrada em transportá-los.

Comodidade e Tranquilidade

Simplesmente por ser mais cômodo, você pode contar com um Médico Veterinário para atender seu animalzinho, com hora marcada, no conforto da sua casa e com todo o suporte necessário.

Atendimento completo

O atendimento domiciliar proporciona ao Médico Veterinário atuar não apenas sobre a saúde do animal, mas também sobre a sanidade do ambiente e a saúde de toda a família, com orientações direcionadas, necessárias a cada caso em particular.